Sinta-se Em Casa

Entre. Puxe a cadeira. Estique as pernas. Tome um café, e vamos dialogar com a alma.



domingo, 6 de abril de 2014

Bons filhos apesar dos pais?

Por que alguns filhos são bons mesmo vindo de lares desestruturados? E por que há aqueles que têm sérios desvios de caráter mesmo tendo bons pais?

A primeira questão é: "Será que os lares estruturados não seriam apenas aparentemente bem estruturados? O que acontece nos bastidores?"

Outra questão a considerar é que os maus lares podem produzir gente muito boa por causa da misericórdia do Senhor.

Mas, há outra questão muito séria. Muito séria mesmo. Lembra dos filhos dos judeus que voltaram do cativeiro e se misturaram aos outros povos? Metade falava hebraico e a outra metade falava a língua de suas mães? (Ne. 13.23-24)

O que considerar? Alguns filhos "puxam" para o pai e outros para a mãe. Se a mãe é séria e não fala mentira, mas o pai não vê problema, o filho terá que "puxar" pra um ou outro.

Afinal, o que mais pesa? O Evangelho ensina que a responsabilidade é mesmo pessoal. Pais serão cobrados como pais, filhos como filhos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário