Sinta-se Em Casa

Entre. Puxe a cadeira. Estique as pernas. Tome um café, e vamos dialogar com a alma.



sábado, 1 de março de 2014

Vendedores de ilusões

O que dizem os profetas hoje? O que diziam os profetas antes do cativeiro na Babilônia?

Coincidência? Não. Simplesmente reincidência. O povo de Deus foi levado ao cativeiro como consequência de uma vida de desobediência. E hoje tem muita gente longe de Deus porque está completamente alheia a sua Palavra.

Palavra? Sim. A Palavra indiscutível, parâmetro, bússola, inerrante e infalível, registrada - as Escrituras, mas comumente chamada de Bíblia.

Não a palavra discutível, particularizada, pessoal, egoísta, humana, aparentemente divina - as "profetadas" que se falam em nome do Senhor.

Naquela época de caos se falava só bem em nome do Senhor, e olha como Ele se posiciona: "Assim diz o Senhor dos Exércitos: Não deis ouvidos às palavras dos profetas que entre vós profetizam, e vos enchem de vãs esperanças; falam as visões do seu coração, não o que vem da boca do Senhor. Dizem continuamente aos que me desprezam: O Senhor disse: Paz tereis; e a qualquer que anda segundo a dureza do seu coração, dizem: Não virá sobre vós." (Jr. 23.16-17)

Coincidência? Não. Simplesmente reincidência de chamados profetas que não foram chamados por Deus. E falam as ilusões de seus corações e iludem o povo com vãs esperanças.

Quem vai atrás? Quem costuma dar ouvidos a esses vendedores de ilusões? Curiosamente aqueles que não tem firmeza profunda na Palavra e não a tratam como suficiente. Então ficam vulneráveis.

Quem você tem ouvido? O seu coração tem sido cheio de uma esperança que vem pela perseverança nas Escrituras (Rm. 15.4) ou está flutuando como folha seca ao vento das ilusões? 


Um comentário:

  1. Artigo produzido na medida ideal, nem mais nem menos.

    ResponderExcluir