Sinta-se Em Casa

Entre. Puxe a cadeira. Estique as pernas. Tome um café, e vamos dialogar com a alma.



quarta-feira, 10 de agosto de 2016

A tristeza de um pastor

Quando comecei a pastorear a mesma igreja local de 19 anos atrás, ela era simples e pobre de posses materiais. As pessoas eram assim. Não havia carros à porta. Muita gente morando de aluguel. Também não havia vários universitários e concursados. O nosso perfil era limitadíssimo. 

Esses 19 anos de orientaçōes e acompanhentos múltiplos provocaram algumas mudanças. Uma visão holística nos fez olhar para todos os lados da vida. Fomos desafiados a olhar todas as coisas como de Deus. Combatemos a visão dualista do santo e profano, pois "quer comamos ou bebamos, façamos tudo para a glória de Deus" (1 Co. 10.31).

Hoje temos muitos carros aos domingos. Inclusive carros muito bons e novos. Muitas casas foram reformadas, e alguns adquiriram suas casas próprias. Hoje temos gente com formação e graduação mais elevada, e alguns outros concursados. Aquelas crianças de 19 anos atrás, alguns hoje estão casados e outros já são pais. Também é muito comum alguns privilégios como pacotes de viagem nas férias.

Eu me alegro com tudo isso. Mas, tenho algumas tristezas também. 

Hoje choro e sinto saudade da simplicidade que provocava maior presença nas reuniões de oração, e nos desafios da Igreja. 

Hoje lamento alguns casamentos sendo desfeitos e outros que já acabaram embora não pareça.

Hoje me preocupo com jovens se perdendo, e alguns em nome de seus direitos adquiridos encontram-se afastados da perspectiva missionária.

Então uma senhora e depois um rapaz sonharam que eu estava triste. Esses sonhos só confirmaram a tristeza de ver que os meus "filhinhos" não andam na verdade (3 João 4). Se a maior alegria de João era ver que seus filhinhos andavam na verdade, a minha tristeza é justamente pelo contrário.

Hoje penso que deveria orar e apoiar somente a prosperidade daqueles cuja alma também são prósperas (3 João 2-3). 

Definitivamente não vale a pena ver um povo se perdendo em suas próprias bênçãos. 

2 comentários:

  1. É meu Pr.não e fácil não.O ministério traz alegrias mas tbm traz tristezas que não pensamos em te-la.A igreja de atos 2.42-46 só iniciou e depois não continuou sendo a mesma (embora o Senhor é o mesmo ) só terminara quando chegar o grande e glorioso dia do senhor
    Que o SENHOR te de PAZ

    ResponderExcluir