Sinta-se Em Casa

Entre. Puxe a cadeira. Estique as pernas. Tome um café, e vamos dialogar com a alma.



segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Crianças más são adultas precoces

Você já percebeu que as crianças vingativas, cheias de malignidades, fofoqueiras... aprenderam tudo isso dos adultos? Não que elas não sejam pecadoras, mas a capacidade de pecar delas, se expande a partir da má influência dos adultos. 

Afinal, à que nos desafia o Evangelho?

"Eu lhes asseguro, a não ser que vocês se convertam e se tornem como crianças, jamais entrarão no Reino dos Céus." (Mt. 18.3)

A proposta não é para que as crianças se tornem como os adultos, mas que os adultos se tornem como as crianças. 

Precisamos entender isso melhor. Tem adulto com atitudes pueris - sem nenhuma maturidade - achando que isso é o Evangelho. Exemplo? Eles falam o que querem e se vêem como crianças. Alto lá! A honestidade nas repostas imediatas das crianças não trazem a malignidade de coisas que estão sendo arquitetadas contra o próximo. 

Entendem que não é muito simples ser como elas?

E quando você convive com pessoas que testam a sua capacidade de ser como criança? Vamos olhar como oportunidade? 

Sejamos como crianças que não nutrem malignidade, vingança, respostas preparadas para humilhar, malignidade contra o próximo, malícia pra si mesmo etc. Afinal, se encontramos essas coisas nelas é porque elas estão deixando de ser crianças e isso tem muito a ver  com a nossa adultice irrresponsável. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário