Sinta-se Em Casa

Entre. Puxe a cadeira. Estique as pernas. Tome um café, e vamos dialogar com a alma.



quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Coisas da vida...

O carro quebrou porque o diabo é sujo ou porque Deus não abençoou? Você descobriu uma doença porque está em pecado ou porque Deus quis provar a sua fé?

Por que temos tanta dificuldade de entender os processos naturais da vida? Seria porque não entendemos as implicações lógicas da criação? Talvez seria porque separamos o natural do espiritual, ou simplesmente porque os misturamos quando deveríamos respeitar as suas diferenças?

O carro que quebra e a doença que aparece, normalmente, são consequencias naturais dessa vida. 

Por que precisamos espiritualizar tanto? 

O que o diabo ou Deus tem a ver com a sua administração financeira? Nada. Ela é responsabilidade sua. Mas, e se Deus não abençoar? Deus abençoa. Mas, e se o diabo atacar? Ele ataca mesmo. No entanto, a couraça de proteção é criada em sua responsabilidade financeira. E Deus? Deus abençoa... Abençoa. Entende? O papel de Deus está claro. Ele não faz o que você precisa fazer.

Mas, onde fica a fé, o livramento, a bênção? Precisamos deles, mas uma coisa é contar com a bênção do Senhor e o seu livramento, outra é não entender que existem processos lógicos na vida.

O carro se desgasta e quebra. O corpo também. Você come o que não deve e passa mal. A criança fica exposta a descuidos e fica doente. O sujeito não estudou o suficiente para a prova e perde uma oportunidade. Você não se qualifica e perde a vaga etc.

Entende como precisamos parar de espiritualizar um pouco? Mesmo sabendo que existe uma batalha espiritual sobre nossas cabeças, precisamos aprender a respeitar mais os processos lógicos e naturais da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário